Agência parceira:

Teatro 40 Anos Web Série - Especial Teatro

Teatro Municipal de Sertãozinho completa 40 anos

 

Idade será celebrada com série de ações digitais, em função da pandemia de Covid-19

 

Maio de 2020: o Teatro Municipal “Profª Olympia Faria de Aguiar Adami” está prestes a completar 40 anos de história. Era 24 de maio de 1980, quando o então prefeito, Dr. Waldyr Alceu Trigo, inaugurou o prédio, que levou 15 anos para ser concluído, uma vez que a obra foi iniciada em 1965, quando o prefeito de Sertãozinho era Antônio Paschoal.

Décadas depois, estamos a comemorar os 40 anos de inauguração do Teatro num momento mundial difícil, em função da pandemia da Covid-19. “Lamentamos que esse marco na cultura de Sertãozinho ocorra num momento em que, para preservar vidas, todo tipo de evento cultural esteja suspenso. Com isso, nossa tradicional Mostra Nacional de Teatro também teve de ser suspensa. Estamos na torcida para que possamos vencer essa crise de saúde o quanto antes, e tenhamos condições de voltar a frequentar nosso Teatro em breve”, analisa o secretário municipal de Cultura e Turismo, José Adilson dos Santos.

Nos registros históricos da inauguração do Teatro, quem aparece ao lado do então prefeito Dr. Trigo é Américo Rosário de Souza, o imortal do Teatro Municipal de Sertãozinho, que há 40 anos se dedica à preservação da cultura teatral na cidade. “Quando vi pela primeira vez o Teatro Municipal, algumas poucas paredes em construção em meio a andaimes de madeira, às margens de um rio que transbordava para uma grande várzea, mal sabia que estava diante do meu futuro, onde passaria mais de metade da minha vida”, recorda-se Américo, em histórico escrito há poucos dias, por ocasião da comemoração pelo 40º aniversário do Teatro Municipal.

Em seu texto, Américo também se recorda de seu primeiro dia de trabalho, oficialmente, como servidor do Teatro Municipal. “No dia 2 de fevereiro de 1981, comecei a trabalhar com algumas crianças. Elas trouxeram outras e eu tinha dezesseis pequenos atores”, conta o advogado, ator, dramaturgo e diretor sobre o nascimento do Grupo de Iniciação ao Teatro, ainda ativo nos dias atuais. Em dezembro de 1981 aconteceu a 1ª Mostra Nacional de Teatro, que em 2020 chegaria à sua 34ª edição.

Outro importante nome na cena teatral de Sertãozinho, Gilberto César Ortolan Bellini, um dos fundadores do Rabugentos Cia. Teatral, participou dos dois momentos mencionados acima e, aos 52 anos de idade, ostenta 40 deles relacionados ao Teatro Municipal. “O Grupo de Iniciação ao Teatro idealizado pelo Américo foi nossa grande escola. Difícil resumir minhas lembranças do Teatro Municipal nesses 40 anos. Na verdade, por morar próximo conheci muito antes da inauguração; brincávamos na obra e assisti algumas apresentações no prédio em construção e, depois, ainda criança, vi algumas peças após a inauguração. Eu me orgulho de fazer parte da organização da Mostra de Teatro em quase todas as edições, do Festival Teatro AGosto e muitos outros eventos que criamos”, afirma o administrador e professor, ator e diretor teatral.

Apesar de não se poder comemorar em grande estilo, como a história do Teatro Municipal merece, uma série de atividades digitais está sendo preparada, conforme antecipa o diretor de Desenvolvimento Cultural da Secretaria, Bruno Perticarrari. “Nós não poderíamos deixar esse momento passar em branco. Portanto, nossa equipe se reuniu e traçou algumas estratégias para celebrar a data, que inclui a produção de conteúdos digitais específicos pelos 40 anos do Teatro. A produção está envolvendo diferentes setores da Prefeitura Municipal, como o Centro Municipal de Memória e o Departamento de Comunicação, por exemplo. Também estamos convidando artistas locais a darem suas contribuições em vídeos, que serão disponibilizados para a população; enfim, estamos nos reinventando para que tenhamos uma homenagem justa a tudo que esse local representa para a cultura e a história de Sertãozinho”, explica.

Em breve, os conteúdos comemorativos estarão disponíveis nos canais oficiais da Prefeitura de Sertãozinho, na internet. Acompanhe! (Departamento de Comunicação PMS)

Assita ao Vídeo